Na Luta Contra o PL 573/21

Aconteceu no SINESP

Em assembleia realizada pelo SINESP no dia 29 de agosto, os filiados do Sindicato tomaram decisões importantes para a categoria enfrentar o PL 573/21, que pretende entregar à iniciativa privada a gestão das Unidades Educacionais de Ensino Fundamental e Médio. Entre as deliberações, foi aprovada pelos presentes a realização de uma ação conjunta com as entidades representativas da educação municipal nas 13 DREs.

Em cumprimento a essa deliberação, o Fórum Setorial de Educação organizou, entre os dias 19 e 23 de setembro, reuniões regionalizadas dentro das áreas de cada uma das 13 DREs, com o objetivo de fortalecer as ações nas Unidades Educacionais para barrar o PL 573/21. Nestes encontros, foram ressaltados os riscos e ilegalidades do texto e foi explicado o trâmite deste Projeto de Lei.

Para deixar a comunidade escolar ciente do quão nocivo é o PL 573/21, foram apresentados uma carta aberta, a ser discutida com a comunidade educacional, e um boletim, para os profissionais da educação municipal.  A carta e o boletim enviados às Unidades Educacionais possuem os contatos de todos os vereadores da Câmara Municipal de São Paulo, para facilitar a mobilização da categoria no convencimento dos legisladores sobre as mazelas que o PL 573/21 pode trazer à educação municipal.

O Fórum Setorial ouviu as preocupações dos filiados e demais educadores presentes nas reuniões e as propostas de ações para o fortalecimento local das equipes e da comunidade educacional.

>>>A mobilização e a luta continuam para barrar o nefasto PL 573/21!

>>>Saiba de todas ações do SINESP contra o PL clicando AQUI.

>>>Os materiais enviados às unidades educacionais podem ser vistos e baixados AQUI e AQUI.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault