Destaque

A Greve Geral convocada pelas centrais sindicais e movimentos sociais contra as reformas trabalhista e previdenciária encaminhadas pelo governo Temer para o dia 30 de junho contou com greve de diversas categorias, protestos e bloqueios de vias.

Em São Paulo houve ato no centro da cidade e uma grande manifestação que bloqueou o trânsito nas duas vias da avenida Paulista. 

30 6 GreveGeral Ato Paulista Site 1

O dia de luta foi muito forte, mesmo com a adesão menor do setor de transporte e com a pressão que o desemprego crescente provoca sobre os trabalhadores, trazendo medo de perda do posto de trabalho por participação em uma greve.

O SINESP convocou os Gestores e Gestoras Educacionais para a paralisação e para o ato na Av. Paulista. Um número representativo de filiados se uniram à diretoria do Sindicato no protesto. 

30 6 GreveGeral Ato Paulista Site 2 

A força do movimento mostrou mais uma vez que está crescendo a consciência da população para a gravidade do momento e para os perigos de perda de direitos históricos pelos trabalhadores brasileiros. E que é preciso se manter na luta para derrotar as iniciativas do governo.

O próximo passo é pressionar deputados e senadores para não votaram contra os interesses da classe trabalhadora. E participar das próximas etapas da luta contra as reformas previdenciária e trabalhista do governo Temer, que retiram inúmeros direitos históricos dos trabalhadores.

As centrais sindicais devem manter a mobilização e convocar novas ações por NENHUM DIREITO A MENOS! E o SINESP continuará participando, convocando a categoria e reforçando essa luta histórica, de defesa dos direitos trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora brasileira. Estamos em assembleia permanente, seguindo o calendário das Centrais, conforme foi aprovado pelos filiados, e chamamos a participação dos Gestores Educacionais nas próximas ações unificadas das centrais contra as reformas do governo Temer.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault