Aconteceu no SINESP

O prazo para a resposta assumido pela Chefe de Gabinete da Casa Civil se esgota no dia 21 de janeiro. Tentativa de contato na terça, 18 de janeiro, não obteve retorno. As Entidades exigem a resposta oficial!

A ação das Entidades sindicais da categoria na sede da prefeitura, no dia 14 de janeiro, resultou no compromisso da Chefe de Gabinete da Casa Civil, Bruna Borghetti Pereira Rosa, de destravar a negociação, parada com a falta de resposta da Secretaria Executiva de Gestão, cujo compromisso firmado às Entidades em reunião no dia 28 de dezembro, de apresentar posição até o fechamento da folha, não foi cumprido.

Na segunda, 17 de janeiro, começou a circular nas redes sociais que a questão dos descontos e da reposição de faltas na SME já está resolvida.

Mas o fato é que ainda não há um posicionamento oficial.

As Entidades do Fórum aguardam o esgotamento do prazo para resposta do Gabinete da Casa Civil para cobrá-la e exigir uma resposta oficial da prefeitura que envolva todas as Secretarias.

Já está marcada reunião do Fórum das Entidades às 14h do dia 21 de janeiro. Espera-se que até esse dia a resposta oficial tenha sido dada pela Casa Civil.

Paralelamente, haverá outra reunião às 14h do dia 26 de janeiro para tratar do Relatório da Gestão sobre teletrabalho.

O SINESP e as Entidades componente do Fórum reafirma as reivindicações da categoria quanto à greve contra o Sampaprev 2:

●Pagamento imediato dos dias parados;

●Retirada de faltas eventualmente apontadas;

●Nenhum prejuízo para os participantes do movimento grevista.

A luta continua em defesa dos direitos da categoria!
SINESP presente no dia a dia dos Gestores Educacionais!

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault