Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

A Diretoria do SINESP agradece a confiança e o reconhecimento pelo seu trabalho sindical e nos Conselhos, entre eles os do IPREM, em defesa de direitos da categoria, e reforça seu compromisso em atuar com a firmeza e a seriedade de sempre para defender o fortalecimento do instituto e a preservação dos diretos previdenciários dos Servidores!

As três candidatas do SINESP foram aprovadas pelos eleitores com ampla maioria de votos:

NORMA Lúcia Andrade dos Santos

Segmento: Educação – Conselho Fiscal

64,29% dos votos - Titular

LETÍCIA Grisólio Dias

Segmento: Educação – Conselho Deliberativo

61,7% dos votos - Titular

ROSALINA Rocha de Miranda

Segmento Aposentados e Pensionistas - Conselho Deliberativo

60,46% dos votos – Titular

 

Em defesa dos direitos da categoria, por um IPREM forte!

Este será o quinto mandato dos dirigentes do SINESP no Conselho do IPREM. Nessa trajetória, já adquiriram experiência para encarar as manobras da administração, discutir e argumentar em alto nível para evitar mudanças que resultem no enfraquecimento do instituto ou perdas para a categoria.

Os dirigentes do SINESP tiveram atuação destacada em discussões internas duras. Entre elas na reestruturação do IPREM, em que a administração do órgão propôs a criação de vários cargos nomeados e com gratificações, no sentido claro de um aparelhamento oportunista e indesejável. A batalha dos Conselheiros do SINESP foi decisiva para reduzir o número desses cargos.

Nas discussões sobre o aumento da alíquota (Lei 17.020/18 da reforma da Previdência), os embates foram duríssimos em todos os seminários e reuniões realizadas pelo órgão.

Os conselheiros do SINESP também estavam lá e argumentaram, deixando claro que o déficit existente no IPREM resulta da política neoliberal adotada pelos governos, dos empréstimos feitos à prefeitura em época de superávit, da crescente terceirização e consequente migração das contribuições para o INSS.

Registraram contrariedade e desaprovação às propostas da prefeitura e da administração do instituto, denunciaram a situação à categoria e incentivaram a mobilização em todos os momentos, em defesa do instituto e do direito à aposentadoria dos Gestores e demais servidores.

Essa experiência é mais necessária que nunca

Os Servidores Municipais precisam de um Conselho atuante e ativo no IPREM, porque os governos planejam novos ataques às aposentadorias de ativos e inativos.

A reforma da previdência, municipal e nacional, foram passos dos governos no sentido de privatizar a previdência. Não foram até onde queriam com a imposição da capitalização, devido à resistência dos trabalhadores.

Mas vão se manter no ataque para impor mais esse retrocesso, assim como por mais aumento de alíquotas, pois querem passar dos 20%, e pela administração privada dos regimes únicos.

Muitos ataques virão, o que já pode ser antevisto nos projetos do governo do estado, enviados à Assembleia Legislativa, com imposição de elementos da reforma administrativa e privatização ampla de órgãos públicos e estatais. Certamente o prefeito reeleito seguirá seus passos no afã de mostrar serviço ao mercado.

Prefeitura tem maioria no IPREM

A batalha no IPREM é difícil. O instituto está montado para favorecer os interesses do governo. Ele indica o superintendente, os diretores e a maioria dos conselheiros.

Para a atuação não ser sempre inglória, os representantes dos trabalhadores precisam ter conhecimento, apresentar argumentos, estudos e propostas consistentes e investir na informação e na mobilização da categoria para impedir que os governos imponham seus planos.

Os Dirigentes do SINESP reafirmam seu compromisso. Vão participar de todos os embates, preparados com estudos, argumentos e peças jurídicas e políticas. Denunciarão cada manobra à categoria, tomarão as medidas cabíveis e convocarão as lutas necessárias.

Contem conosco e juntem-se a quem luta com vocês!

Comentários   

# Maria Aparecida Care 01-12-2020 16:38
Parabéns às eleitas Norma, Letícia e Rosalina! Desejo-lhes sucesso e um excelente trabalho.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault