Reposição da Greve Nacional da Previdência está garantido para 14/06 e 15/05 após negociação do SINESP com a SME

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

Após audiência com o Secretário de Educação Bruno Caetano, Sindicato conquista o direito de reposição das Greves do dia 14 de junho e 15 de maio de 2019.

Ato 15 5 19 Site 1 1O SINESP, em contínua luta contra perda de direitos dos Gestores Educacionais ativos, aposentados e pensionistas decorrentes da Reforma da Previdência nacional, reivindicou em audiência com o Secretário de Educação Bruno Caetano Raimundo o direito pela reposição dos dias de greve nacional em que a categoria participou.

Diante das reiteradas manifestações do SINESP, a Secretaria Municipal de Educação posicionou-se através do Ofício 827/19, com orientação às Unidades Educacionais fazerem seus planos de reposição e encaminharem para homologação junto às Diretorias Regionais de Educação, referente à Greve do dia 14 de junho de 2019.

Como a resposta não considerou a paralisação nacional do dia 15 de maio de 2019 para reposição, o SINESP reiterou a reivindicação e solicitou posicionamento também sobre esse dia.

A resposta veio através do Ofício 894/19, em que a SME reafirma a autonomia do Conselho de Escola/CEI em propor reposições de seu calendário escolar, e estende para a paralisação do dia 15 de maio a orientação emanada para a do dia 14 de junho.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar