Aconteceu no SINESP
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Devido à necessidade de contribuir com o controle da pandemia de coronavirus, a Diretoria do SINESP decidiu pela suspensão e fará nova avaliação para decidir pela continuidade.

No momento a responsabilidade, a seriedade e o compromisso de todos com a contenção da proliferação do coronavirus estão em primeiro lugar. Por isso a Diretoria do SINESP decidiu suspender todas as atividades do CFCL-SINESP, cujo público em grande maioria está em idade de risco.

A decisão futura pela continuidade ou não da suspensão estará consonância com as orientações do Ministério da Saúde e as limitações para aglomerações humanas anunciadas pelos governos.

Com a ausência de vacinas e medicamentos contra o coronavírus (Covid-19), a atitude mais sensata no momento é a prevenção. Os países em que o vírus se alastra lentamente e sob controle, são justamente aqueles que tomaram medidas precoces de isolamento social e a testagem em massa, como Japão e Coreia do Sul, por exemplo.

 

SME precisa divulgar orientações

A Diretoria do SINESP está fazendo contatos com a Secretaria Municipal de Educação, cobrando rapidez na divulgação de medidas oficiais e para prevenir contaminação pelo coronavirus nas escolas da RME.

Essas medidas implicam campanha de conscientização em todas as unidades quanto aos procedimentos a serem adotados no ambiente de trabalho, bem como o fornecimento dos itens necessários para proteção, como o álcool apropriado, máscaras e luvas. Além de definição clara sobre a suspensão das aulas, fornecimento de merenda e orientação às famílias.

Mais que uma questão de responsabilidade, trata-se de uma obrigação para ajudar a evitar que a doença se espalhe, que já era para ter sido encaminhada.

 

Medidas de segurança

De imediato é importante que o pessoal nas escolas a não compartilhem pertences pessoais e sigam as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para prevenção à propagação do novo coronavírus (Covid-19) nos ambientes sociais – algumas pode ser conferidas a seguir:

●No ambiente de trabalho, as mesas, cadeiras, balcões, bancadas, telefones, teclados e outros equipamentos precisam ser higienizados com pano e desinfetante regularmente (a contaminação de superfícies é uma das principais formas de transmissão de Covid-19);

●Promover uma higiene respiratória através de lenços descartáveis disponíveis em diversos locais do ambiente de trabalho para o pessoal assoar o nariz ou tossir sem espalhar gotículas com vírus;

●Se você está doente ou com febre e sintomas respiratórios, melhor não ir ao trabalho;

●Se não tiver um lenço à disposição, cubra a boca e o nariz com o antebraço ao tossir ou espirrar. E lave o braço assim que possível;

●É fundamental que o empregador distribua dispensadores com álcool-gel em locais visíveis - O SINESP cobrou posição da prefeitura em relação a isso.

●Afixação de pôsteres que promovam a lavagem das mãos com sabonete e a higienização com alcool gel 70º várias vezes ao dia são mais uma boa medida a ser adotada. Combine essa medida com outras de comunicação sobre higiene manual e outras atitudes saudáveis no serviço.

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault