20 de novembro – Dia nacional da Consciência Negra

Destaque
TIPOGRAFIA

A data simboliza a luta e resistência por liberdade e igualdade racial.


SINESP-consciencia-negra.jpg
No dia 20 de novembro é comemorado o dia da Consciência Negra, uma homenagem a Zumbi dos Palmares, líder quilombola que combateu a escravidão durante o período do Brasil colonial. A data simboliza a luta e resistência por liberdade e igualdade racial, e deve ser lembrada diariamente, pois, reforça a reflexão que mesmo depois de tantos anos ainda não conseguimos alcançar igualdade racial plena entre os povos.

 

Uma pesquisa divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostra que apesar da redução das desigualdades raciais vivenciadas ao longo da última década e meia, com uma relativa melhora do mercado de trabalho para a população negra, a mudança ficou longe de promover a equidade de valorização do trabalho exercido pelos negros em relação aos não negros.

 

Entre os anos de 2014 e 2015, o homem negro recebia 71,6% da remuneração do não-negro, enquanto a mulher negra recebia 50,5%, metade da remuneração do homem não-negro. Ainda, de acordo com o Atlas da Violência 2017, a população negra também corresponde a maioria (78,9%) dos 10% dos indivíduos com mais chances de serem vítimas de homicídios. 

 

Racismo é Crime 

Foi criada há exatos 27 anos a Lei 7.716, que define os crimes resultantes de preconceito racial. A legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Com a sanção, a lei regulamentou o trecho da Constituição Federal que torna inafiançável e imprescritível o crime de racismo, após dizer que todos são iguais sem discriminação de qualquer natureza. É importante destacar que o Brasil foi um dos últimos países a abolir a escravidão, em 1888, há menos de 200 anos. No entanto, em um país como tantas desigualdades sociais, a tipificação dos crimes contra diferença de raças foi considerada, por muitos estudiosos, como uma medida tardia para os males sofridos por essas populações.  

 

SINESP promove evento cultural em comemoração ao mês da consciência negra: 

No dia 24 de novembro de 2018, das 10h00 às 14h00, uma progamação especial colocará a temática racial e afrodescendente em destaque no CFCL. Confira o que vai acontecer:

Relatos de praticas da Gestores da RME: Trabalhos sobre a temática afrodescendentes relacionados às diretrizes das Leis 10639/03 e 11645/08 desenvolvidos por Gestores da Rede Municipal de Ensino, com mediação de Edneia Gonçalves.

Vivência de Capoeira.

Exposição de roupas, assessórios, livros e brinquedos com foco na temática afrodescendente


Confira mais informações sobre o evento, clique aqui!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar