SINESP MOBILIZA OS APOSENTADOS na luta contra a reforma da Previdência

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

Em conversa com os filiados aposentados no dia 29/05, o SINESP buscou informar e mobilizar os que já estão recebendo seus benefícios, mas também serão afetados e terão prejuízo caso a PEC 06/19 seja aprovada como está.

ConvAposentados Previdencia 29 5 19 Site 1A convite da Diretoria do Sindicato, o economista do DIEESE Marco Antônio Pereira apresentou dados e explicações sobre a proposta de reforma da Previdência do governo federal (PEC 06/19) e seus significados, mostrou como ela prejudica quem já entrou na aposentadoria e a importância de todos participarem da luta.

Aumento das alíquotas

Marco explicou que a reforma afeta os aposentados de várias formas. Entre outras, porque muda a alíquota de contribuição no Regime Próprio para ativos e aposentados e cria mecanismos para aumentá-la sempre que os governos alegaram “desequilíbrio atuarial”, ou seja, quando disserem que há déficit (o que todos já dizem).

A PEC também proíbe o acúmulo de aposentadorias e pensões de um mesmo regime e reduz o valor do benefício quando os regimes são diferentes, o que impacta negativamente os rendimentos dos aposentados num dos momentos mais difíceis da vida, que é o falecimento de um dos cônjuges.

As mudanças na legislação inseridas na PEC 06/19 podem levar a um drástico rebaixamento dos valores dos benefícios, inclusive de quem se aposentou antes de a reforma ser aprovada. A luta é de todos, portanto!

Capitalização é privatização e cada um por si

ConvAposentados Previdencia 29 5 19 Site 3

A capitalização proposta pela PEC trás várias preocupações para todos. Ela enfraquece progressivamente o sistema público, em que os já aposentados e pensionistas continuarão, uma vez que os novos trabalhadores passam a contribuir para outro sistema, que será uma espécie de poupança individual.

Isso gera enormes incertezas, pois a falta de aporte tende a provocar desequilíbrios atuariais, o que implica aumento obrigatório das alíquotas de ativos e aposentados e abre caminho para novas reformas que retirem mais direitos e reduzam benefícios.

Para completar o dilema, os familiares dos aposentados ficam com o futuro comprometido, pois a proposta do governo federal impõe idade mínima e o fim da aposentadoria por tempo de contribuição, o que na prática acaba com as perspectivas de aposentadoria para a maioria dos brasileiros, sobretudo as gerações mais jovens.

Pensar no futuro de filhos e netos é, assim, mais um grande motivo para os aposentados participarem da mobilização contra a reforma da Previdência.

Aposentado, participe da luta!

O SINESP e os Gestores Educacionais estão nessa luta desde o embate vitorioso contra o Governo passado. A Diretoria do Sindicato novamente participa e convoca seus filiados ativos e aposentados a estarem juntos nesse momento da luta para barrar a PEC/06/19.

Veja vídeo desse evento de informação e mobilização dos filiados aposentados:

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar