Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

audiencia joaoGrande participação de concursados e inúmeras manifestações pontuaram a Audiência na manhã do dia 27 de junho de 2017

Totalmente tomado pelo público, em sua maioria por concursados de diversas áreas da Prefeitura Municipal de São Paulo, o Auditório Prestes Maia da Câmara Municipal de São Paulo recebeu o Secretário Municipal de Gestão Paulo Uebel, acompanhado pelos Assessores Marcia Morales e Marcel na mesa, juntamente com o Vereador Antônio Donato, para a Audiência Pública da Comissão de Administração Pública relativa aos Concursos Públicos da Prefeitura de São Paulo. O Secretário Geral do SINESP João Alberto Rodrigues de Souza esteve presente na Audiência.

O Secretário de Gestão, em sua fala, informou que as chamadas são limitadas pelas contingências orçamentárias e citou vários concursos, menos o concurso de Acesso para Diretores de Escola e Supervisores Escolares. Citou que vão chamar todos, mas no devido tempo, sem especificar qual tempo seria esse.

O vereador Donato cobrou que não enviaram a relação de concursos em andamento com cronograma de chamada, documento solicitado pela Comissão. Lembrou que números apresentados pela Secretaria da Fazenda não convencem. Maior cobrança está na apresentação de um cronograma. Todas as carreiras estão se esvaziando e não se repõe financiamento da previdência. 

O Secretário Uebel citou uma lista de quase 10 concursos com pressão para chamada urgente, e disse que obedecerão a critérios de impacto, e se recusou a dar qualquer cronograma.

Existem casos de concursos judicializados, como o da Secretaria da Saúde, que está na Justiça desde 2016 porque o Governo Haddad não chamou para todas as vagas e o concurso expirou. Afirmou que maiores urgências são Assistentes Sociais e GCM, que vão expirar sem mais prorrogação.

Vereadores também solicitaram necessidades de Bibliotecários e pediram dadsos sobre o impacto no IPREM da saída de servidores sem reposição, e cobraram cronograma.

Diversos inscritos tomaram a palavra, porém, dado o tempo, nem todos puderam fazer uso dela. A reunião será remarcada para ter continuidade em Agosto e o Secretário Uebel sofreu pressão de diversas entidades e concursados presentes para que apresente um cronograma geral até o final de Agosto.

O Concurso de Acesso

O Secretário Uebel, falando sobre o Concurso de Acesso para Diretores e Supervisores Escolares, citou que estará na mesa de negociação.

O SINESP continua em luta e manifesta-se que a chamada dos Concursados não gera nenhum impacto financeiro, porque os cargos estão ocupados por designados.

A necessidade é premente e a situação desta manutenção de designações, insustentável quando se tem aprovados, além de gerar instabilidade na rede.

No caso específico de Supervisores Escolares, a proliferação de convênios e a qualidade dos CEI parceiros deixam a desejar, conforme apontado pela própria imprensa.

Nas mesas de negociação o SINESP continuará a reivindicar o cronograma de chamada, e está na luta pela sanção pelo Prefeito do Projeto de Lei de ampliação de cargos de supervisores escolares obtida em vitória na Câmara Municipal.

audiencia joaoII

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault