SINESP convoca os Gestores para paralisação e manifestação no dia 5/12, pela unidade da categoria na luta

Destaque
TIPOGRAFIA

Fórum das Entidades define lutas contra o PL 621/16: além do dia 5/12 tem ação sobre os vereadores e seminário, rumo à greve geral da categoria para barrar a reforma da previdência de Covas e seus apoiadores na Câmara!

O Fórum das Entidades Representativas do Funcionalismo Municipal se reuniu nessa quinta-feira, 29 de novembro, para avaliar a mobilização do dia 27 de novembro e encaminhar a luta contra a (des)reforma da Previdência Municipal, que deu um passo adiante com a implantação da Comissão Especial de Estudos para o PL 621/16.

Em nome da necessária unidade da categoria, as entidades do Fórum decidiram:

Adesivo SINESP PL621 Nov 18 Site●Apoio e adesão à paralisação de 5 de dezembro de 2018, com manifestação às 14h00 na Câmara Municipal de São Paulo.

●Visita a todos Gabinetes dos Vereadores da Cidade de São Paulo para pressionar contra o PL 621/16 – O SINESP convocará previamente a categoria para os dias em que a ação for realizada.

●Presença maciça nas reuniões da Comissão Especial de Estudos do PL 621/16 todas terças-feiras, às 11h00, na Câmara Municipal.

●Realização de um Seminário sobre o PL 621/16, promovido pelo Fórum das Entidades, envolvendo os Servidores Municipais para o dia 11 de dezembro, das 15h00 às 18h00, na Câmara Municipal de São Paulo.

O SINESP, membro do Fórum das Entidades, considera que a unidade da categoria é uma necessidade para essa luta resultar em vitória.

Por isso defendeu o apoio à paralisação e manifestação do dia 05/11 na reunião do Fórum, adere ao movimento, chama a participação dos Gestores Educacionais e convoca todos os Sindicatos dos Servidores Municipais a se esforçarem fortemente para que a unidade seja garantida em todos os momentos da luta para barrar o PL 621/16.

Assim, o SINESP convoca todos os Gestores Educacionais a estarem no dia 5 de dezembro de 2018 às 14:00 diante da Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí, 100), na luta contra o PL 621/16.

Governo Covas e seus apoiadores na Câmara querem votar o PL de qualquer jeito!

Na sexta-feira, 30/11, representantes dos Sindicatos dos Servidores Municipais participaram de reunião com a presidente da Especial de Estudos para o PL 621/16, Janaina lima, para tratar do PL. 

A vereadora deixou claro que sua missão à frente da comissão é criar condições para que o PL seja votado!

Se alguém tinha dúvidas quanto à intenção do governo Covas e dos vereadores que o apóiam, pode ter certeza de que vão aprovar o PL 621, caso a categoria não vá para a rua e faça uma mobilização ainda maior que a de março!

Veja vídeo com esclarecimentos sobre o PL 621/16

Paralisacao servidores 05 12 18 1 

Comentários   

#1 vera Lucia Nunes Mar 30-11-2018 23:16
Unidos venceremos.Obrigada SINESP.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar