CREP do SINESP tem debate intenso das lutas para barrar a reforma da Previdência e o projeto Escola sem Partido

Destaque
TIPOGRAFIA

CREP 8 11 18 Site 1O relato dos Dirigentes do SINESP que estiveram no dia anterior em Brasília, Christian e Norma, na luta para impedir a votação do projeto Escola sem Partido, e a movimentação da prefeitura e dos vereadores em torno do PL 621/16, que reforma a Previdência municipal, além do andamento sobre o mesmo tema no nível federal, deram a tônica da reunião de Conselheiros e Dirigentes do SINESP realizada no dia 08 de novembro.

 

Preocupação, atenção e mobilização são as palavras do momento!

CREP 8 11 18 Site 2

Nesse sentido a fala do vereador Toninho Véspoli foi bastante esclarecedora. Ele foi convidado pela Diretoria do SINESP para trazer à reunião a movimentação da Câmara Municipal quanto ao PL 621/16, e trouxe um quadro preocupante.

CREP 8 11 18 Site 4O Vereador toninho Véspoli durante reunião do CREP do SINESP O governo Covas reafirmou sua pretensão de encaminhar o projeto. Por isso vereadores governistas estão se articulando, com vistas a trazer o tema de volta à pauta. Pensam inclusive em quebrar o compromisso assumido pelo presidente da Câmara, Milton Leite, no encerramento da greve da categoria em março passado, de criar uma comissão para analisar a previdência num prazo de 120 dias. Buscam formas de reduzir o prazo para 30 dias, o que seria um tremendo golpe nos Servidores e exige a reedição da grande greve da categoria para o que PL seja retirado já!

No mesmo diapasão vai a reforma da previdência em Brasília. O governo eleito negocia com Temer para encaminhar sua reforma ainda esse ano, ao mesmo tempo de afirmar querer uma reforma mais profunda, ainda pior para os trabalhadores, com capitalização, nos moldes do modelo chileno, que está elevando as taxas de suicídio entre idosos.

O SINESP chama toda a categoria a continuar mobilizada e preparada para o embate, caso o PL seja retomado. A Diretoria do Sindicato acompanha cotidianamente as comissões e o Colégio de Líderes na Câmara. Qualquer movimentação é divulgada de imediato. Acompanhe o site do SINESP e esteja alerta! A qualquer momento podemos retomar a batalha em defesa do direito à aposentadoria e Previdência Municipal.

Escola sem Partido exige união e luta dos Educadores

Os dirigentes do SINESP, Christian e Norma, relataram a batalha que vivenciaram no dia anterior, em Brasília, aonde foram para acompanhar e combater os trâmites do projeto Escola sem Partido na Comissão Especial que o analisa. Os partidários do compareceram em peso para tumultuar, atacar e agredir os Educadores e apoiadores que lá estavam para acompanhar a sessão. A sessão, em que seria aprovado o relatório do PL 7180/2014 não ocorreu, mas vão tentar novamente. A luta vai ser dura e exige participação.

O SINESP é parte da resistência ao projeto Escola sem Partido, na Câmara Municipal e no Congresso Nacional. Está mobilizado acompanhando os trâmites diretamente do Congresso, seja com a presença de seus diretores ou com a representação através do DIAP, Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, ao qual é filiado. No município, acompanha o colégio de líderes e conversa cotidianamente com vereadores para estar ciente dos trâmites.

O vereador Toninho Véspoli abordou o tema na reunião de CREP do SINESP, com foco no PL que se encontra na Câmara Municipal de São Paulo. Para o vereador, se seus partidários tentarem colocá-lo na pauta, terá de haver mobilização e muito tumulto na câmara, para paralisar pautas de interesse do governo e gerar crise.

O SINESP manterá seu alerta ligado e acompanhará a tramitação dos projetos, sempre deixando seus filiados informados de toda a movimentação. A mobilização da categoria é importante para demonstrar o quanto o projeto é inoportuno e não dialoga com uma Escola plural e democrática.

Veja AQUI texto e contato dos vereadores para pressão! 

 

 Outros temas debatidos na reunião

SINESP PRESSIONA SME PARA PROVIMENTO DOS QUADROS

Através do Ofício 148/18, o SINESP questionou SME acerca de: 96 cargos de Supervisor Escolar relativos à ampliação prevista na Lei Municipal nº 16.695/18; andamento do processo para realização do Concurso de Acesso para Coordenador Pedagógico e ingresso de Auxiliar Técnico de Educação, bem como o número de cargos solicitados na autorização para nomeação encaminhada à Secretaria Municipal de Gestão bem como o cronograma para as escolhas dos cargos.

A Secretaria Municipal de Educação divulgou ao SINESP o cronograma pleiteado junto à Secretaria Municipal de Gestão para a escolha e nomeação dos cargos de Diretor de Escola e Supervisor Escolar:

Diretor de Escola: Janeiro/19: 152 cargos // Fevereiro/19: 54 cargos // Abril/19: 7 cargos

Supervisor Escolar: Janeiro de 2019: 121 cargos (estes números consideram os 96 cargos de supervisor Escolar criados pela Lei 16.695/18).

O Diário Oficial da Cidade de 28 de setembro de 2018 trouxe o resultado da luta permanente do SINESP, com a publicação da autorização para realização do Concurso Público de acesso para Coordenador Pedagógico com 628 vagas.

DELIBERAÇÕES DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO SINESP DE 05/11/18

Em Assembléia convocada pela Diretoria do SINESP, os Gestores Educacionais foram novamente alertados e chamados para retomar a mobilização social de todos os servidores municipais. Diante desses temas, que atacam desde a Gestão Democrática à carreira dos servidores municipais, os filiados presentes na Assembleia aprovaram:

•Integrar Movimentos unificados das Centrais Sindicais contra a PEC 287/17 – Reforma da Previdência Nacional;

•Mobilização dos CREPs para ações regionalizadas e de conscientização nos territórios e junto aos vereadores quanto ao PL 621/16;

•Greve da categoria se o PL 621/16 for pautado para votação;

•Produção de cartilha e cartaz defendendo a Gestão Democrática em contraponto ao Escola sem Partido;

•Palestra formativa na Reunião de RELT em 4 de dezembro de 2018 em contraponto ao Escola sem Partido;

•Envio da relação de contatos de vereadores paulistanos e deputados federais paulistas aos filiados referente as lutas contra os Projetos de Reforma da Previdência e Escola sem partido via site, e-mail, whatsapp, e-mail e correio em formato A 4.

DECRETO MUNICIPAL Nº 58.085/18

Tendo em vista que o Decreto Municipal nº 58.085/18 suspende o expediente nas repartições municipais dias 16 e 19 de novembro de 2018, o SINESP protocolou em SME o Ofício nº 148/18 solicitando que a organização e reposição desta suspensão de atividades seja decisão efetiva dos Conselhos de Escola/CEI e que se enquadre nos casos omissos ou excepcionais que serão resolvidos pelo Diretor Regional de Educação, ouvida, se necessário, a Secretaria Municipal de Educação, estando em consonância com o previsto na Portaria SME 8.947/17, ultrapassando se necessário o ano cível de 2018.

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA: REFLEXÃO, DEBATE E ATIVIDADES ESPECIAIS

No dia 24 de novembro de 2018, das 10h00 às 14h00, uma progamação especial colocará a temática racial e afrodescendente em destaque no CFCL-SINESP. Inscreva-se pelo telefone 3255-9794, das 10h00 às 17h00 até o dia 21/11e participe. As vagas são limitadas ao espaço. Confira a programação:

•Relatos de praticas: Trabalhos sobre a temática afrodescendentes relacionados às diretrizes das Leis 10639/03 e 11645/08 desenvolvidos por Gestores da RME, com mediação de Edneia Gonçalves.

•Vivência de Capoeira.

•Exposição de roupas, assessórios, livros e brinquedos com foco na temática afrodescendente.

ORÇAMENTO MUNICIPAL 2019

As Audiências Públicas sobre o orçamento 2019 da prefeitura merecem atenção. Os dirigentes do SINESP acompanham todas, e chamam a categoria para participar da audiência que será realizada no dia 23 de novembro, quando o orçamento para a Secretaria Municipal de Educação será discutido. Local: às 10h00, no Salão Nobre, 8º andar da Câmara Municipal de São Paulo - Viaduto Jacareí, 100 - Bela Vista.

AÇÃO SOLIDÁRIA DE NATAL DO SINESP 2018

Já é tradição do SINESP a doação de brinquedos pelos filiados, para fazer a alegria de muitas crianças que vivem em abrigos infantis. Contamos com seu APOIO. Doações até o dia 08/12 no CFCL ou na reunião de RELTs do dia 04/12.

CONFRATERNIZAÇÃO DO SINESP 2018

Será em 08/12 na Casa de Portugal, Av. Liberdade, 602. Inscrições e pagamento pelo fone 3255 9794 até 23 de novembro (com Eliane ou Dalva, das 10h00 às 17h00). Filiados: R$100,00 - Não filiados: R$ 110,00.

BAZAR DE NATAL

Será no dia 04/12, das 9h00 às 13h00, no saguão do Teatro Gazeta, Av. Paulista, 900, durante a reunião de RELTs do SINESP. Inscrição para filiados ou dependente, de 12 a 14 de novembro, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Colocar no email: assunto: Bazar de Natal e os dados: nome, telefone para contato e tipo de artesanato. O expositor é responsável por transporte, vendas, balcão, cavaletes ou stand de exposição (medindo no máximo 2m x 2m), montagem/e desmontagem de sua exposição. Serão arrecadadas duas peças de cada expositor para serem doadas a uma instituição a ser definida.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar