Somos uma categoria predominantemente feminina. E, como não poderia deixar de ser, preparamos atividades especiais para o mês de março, considerado internacionalmente como o Mês da Mulher. Além da participação na manifestação de 8 de Março, o SINESP promoveu atividades variadas que movimentaram nossa categoria e trouxeram discussões e posicionamentos fundamentais para o momento em que estamos vivendo. 

Abrimos as atividades do mês de março com um workshop de Segurança Digital Especial, feito sob medida para nossas filiadas se protegerem também nos novos ambientes tecnológicos.

segdig site

Na primeira semana do mês, uma das salas do CFCL virou um SPA, com workshops de cuidados para a pele a partir da cosmetologia natural. Aromaterapia e veganismo foram algumas das novidades trazidas. Também foram oferecidos cursos de automaquiagem, com dicas para facilitar – e muito – a correria do dia a dia.

spa site

O Cine Debate também foi totalmente dedicado a nós, com o longa A FONTE DAS MULHERES, que trata de um impasse provocado em uma vila que culmina com uma greve das mulheres. No debate, estavam presentes filiadas de todas as idades e a discussão ficou muito rica e diversa, com várias experiências e saberes trazidos sob a mediação da psicóloga Mariana Luciano Afonso. 

debate cine 8m site

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, nem a forte chuva nos deteve em ato na Paulista. Tomamos a frente da resistência e estamos na linha de frente por um futuro melhor para nossas crianças e idosos. Dissemos NÃO à perda de direitos que está sendo promovida em todos os níveis (municipal, estadual e federal) pelos governos ultraliberais que estão a serviço exclusivamente do Capital.

Ato 8 3 20 8 Site

Não vamos retroceder nem um milímetro! Não seremos caladas! Reformas a serviço do capital não serão aceitas! Resistiremos lutando, em nome de nossos ancestrais e das novas gerações!

VEJA AQUI COMO FOI A PARTICIPAÇÃO DO SINESP NO ATO DE 8M

Para fechar as atividades com chave de ouro, uma visita guiada à exposição RETRATOS DE MULHERES POR MULHERES, com ensaios de importantes fotógrafas contemporâneas, trouxe narrativas visuais como ferramenta de empoderamento. Sonhos, sentimentos, desejos e fantasias ocuparam um espaço tradicionalmente masculino, jogando luz na ótica feminina em primeiro plano.

 expo site

Com essas atividades, celebramos os avanços conquistados e apresentamos nossas reivindicações por mais igualdade, oportunidade, pelo fim das discriminações e violências. Em 2020 vamos centrar na defesa das conquistas, frente aos retrocessos incentivados por ações e declarações dos governos. 

VEJA ABAIXO O VÍDEO SOBRE O MÊS DAS MULHERES NO SINESP

O aumento dos casos de violência e de feminicídio alertam para a necessidade urgente de políticas públicas que nos enxerguem e nos defendam em relação às mazelas sociais que nos atingem.

É importante que uma categoria majoritariamente feminina como a de Gestores Educacionais tenha o Dia Internacional da Mulher como uma data marcante. A luta por igualdade de direitos é de toda a sociedade e a participação de cada mulher e homem nas atividades foi fundamental para que, juntos, possamos construir uma cultura de paz e avanços para todos.

Ninguem solta a mão de ninguém!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault