SINESP defende a EJA na Câmara Municipal

O SINESP participou, nesta quarta-feira, 5 de junho, na Comissão de Educação Cultura e Esportes da Câmara Municipal de São Paulo, de audiência pública que debateu inúmeros PLs voltados para a educação pública.

Em nome do Sindicato, a Dirigente Sindical Rosana Capputi Borges defendeu o PL 14/2020, de autoria do vereador Celso Giannazi (PSOL), que torna obrigatória a manutenção das turmas presenciais do Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O SINESP defende o amplo acesso de jovens e adultos à educação presencial, na escola em que fizeram a matrícula, seja ela próxima da residência ou mesmo do trabalho desse estudante.

O SINESP acompanha, de forma permanente, todas as atividades da Comissão de Educação, Cultura e Esportes, sempre visando à defesa das decisões congressuais da categoria, à defesa do ensino público municipal de qualidade e ao provimento dos cargos por concurso público.

Confira a fala do SINESP na audiência pública  

 

Acompanhe o site, as redes sociais e o canal do SINESP no WhatsApp.

Juntos Seguimos Mais Fortes!

0
0
0
s2sdefault