SINESP defende a Supervisão em assembleia das Entidades Conveniadas

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

O SINESP participou da Assembleia Ordinária do Fórum de Educação Infantil das Entidades Conveniadas do Município de São Paulo realizada no dia 14 de agosto no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo.

Um dos principais motivos da participação foi a grande circulação do 5º item da pauta, pelo conteúdo previsto: “desmandos da Supervisão na contramão da Orientação Normativa 01/2015 – Padrões Básicos de Qualidade na Educação Infantil paulistana.”

DefesaGestaoSempreO SINESP se posicionou na assembleia e mostrou aos presentes que a revolta das equipes das entidades da rede parceira está dirigida de forma equivocada e ao alvo errado.

A mesa afirmou que têm ocorrido solicitações de Supervisores que não possuem respaldo nos Padrões Básicos de Qualidade. Utilizando vários pontos que tinham sido ressaltados durante a assembleia, o SINESP demonstrou que, se há alguém a ser atacado, é o governo, que está alinhado com todas as propostas de desmanche da Educação.

Cortes de verbas, arrocho salarial, precarização dos serviços, retirada de direitos, desvalorização dos trabalhadores, Escola sem Partido, eliminação de bolsas de pesquisa, falta de merenda, de materiais e de condições adequadas de atendimento e inexistência de pessoal são problemas que não vêm da Supervisão.

As entidades precisam ter clareza de que a luta não é entre trabalhadores, e sim dos trabalhadores com os detentores do poder. Atacar a Supervisão é contraproducente. O SINESP acredita no diálogo e na articulação da classe trabalhadora contra o inimigo comum: o retrocesso que insiste em dominar o executivo e todos os outros poderes.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar