SINESP leva demandas identificadas no Retrato da Rede ao Superintendente do HSPM

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

Também foram incluídos no debate problemas relatados pelos Representantes dos Locais de Trabalho do SINESP (RELTs) nas reuniões regionalizadas em março e abril deste ano.

Reunião com Superintendente HSPM-24-05-19 (8).jpegO SINESP esteve, no dia 24 de maio de 2019, em audiência com o Superintendente do Hospital do Servidor Público Municipal, Luiz Carlos Zamarco. Representaram o Sindicato seu Presidente Luiz Carlos Ghilardi, a Vice Presidente Maria Benedita de Castro de Andrade, a Benê, os Dirigentes Christian Silva Martins de Mello Sznick, Ana Maria Dunkell Bonalumi e Rinaldo Sérgio Leite. Rinaldo e Ana também são membros do Conselho do HSPM eleitos pelos servidores usuários e representantes do SINESP.

O SINESP apresentou ao Superintende questionamentos manifestados pelos filiados nas reuniões regionalizadas de RELT e presentes no Retrato da Rede de 2019. A pesquisa para compor o Retrato revelou que, para 84,42% dos Gestores Educacionais, o serviço prestado pelo Hospital do Servidor Público Municipal é insatisfatório.

Os Dirigentes Sindicais e Conselheiros Rinaldo e Ana expuseram diversas situações manifestadas pelos Gestores Educacionais quanto a:

agendamento para as consultas e a precariedade das instalações durante o atendimento;

lotação nos Prontos Socorros;

necessidade de ampliação do atendimento na área da Psicologia;

e ausência de atendimento exclusivo ao Servidor Público no Hospital.  

O Superintendente Zamarco informou que implementou nova sistemática de atendimento, dividindo as especialidades pela semana, em vez de deixá-las concentradas às segundas feiras. É um modelo experimental por 3 meses.

Veja AQUInovo fluxo de agendamento de consultas divulgado pelo HSPM.

Segundo o Superintendentelgumas, algumas especialidades estão com atendimento direto nos setores, sem ter de passar pela central 156, como o pré-natal, que pode ser agendado diretamente nas Unidades Descentralizadas.

Zamarco informou que estão sendo feitas adequações nas UTI e em diversas salas de cirurgias e que existe baixa demanda na maternidade. Uma nova organização no atendimento de cada setor está sendo programada para se aprimorar o atendimento existente.

Está em curso compra por ATA de próteses e marcapassos, bem como contrato com o Hospital da Beneficiência Portuguesa para procedimentos de cateterismo.

Reunião-com-Superintendente-HSPM-24-05-19-(1).jpgDirigente do SINESP e conselheiro do HSPM, Rinaldo, apresenta dados do Retrato da Rede ao Superintendente do HospitalDiante da necessidade manifestada pelo SINESP de ampliação do atendimento aos servidores dos serviços de Psicologia, item apontado na pesquisa do Retrato da Rede e manifestado pelos Gestores Educacionais nas Regionalizadas, o Superintendente se comprometeu a rever a possibilidade de ampliar o atendimento no Hospital e nos Ambulatórios Descentralizados.

Outro compromisso firmado foi dar maior dinamismo nas reuniões do Conselho Gestor do HSPM, com a participação das chefias de áreas como os Ambulatórios descentralizados.

O retorno da cobrança de contribuição dos servidores públicos municipais para a manutenção do HSPM não está prevista nas ações da administração do Hospital

O Superintendente também enfatizou que priorizará a chamada de 70 novos profissionais aprovados em Concurso Público.

Separação do atendimento do Pronto Socorro e criação de UPA para os munícipes

É uma luta do SINESP, aprovada em Congresso, a imediata construção de um Pronto Socorro no HSPM para uso exclusivo dos Servidores Municipais e seus dependentes.

Reunião-com-Superintendente-HSPM-24-05-19-(7).jpg

O Superintendente Zamarco apresentou imagens da maquete do novo projeto de reforma e ampliação do Pronto Socorro e separação do atendimento dos munícipes em prédio separado.

Este Pronto Socorro destinado aos munícipes seria gerenciado pela Prefeitura de São Paulo, não ficando mais vinculado ao HSPM. Está em curso o aguardo da publicação de ato do Prefeito Bruno Covas para a liberação dos recursos para esta obra, que levaria um ano.

O SINESP manterá a cobrança na efetivação destes compromissos e de que o Hospital de fato atenda as necessidades dos Servidores Públicos Municipais.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar