Greve forte e unificada da categoria pressiona prefeito para o diálogo

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

Após 17 dias de greve dos Servidores Públicos Municipais, em que os Gestores Educacionais tiveram ampla participação e protagonismo na luta, o Prefeito Bruno Covas abriu canal de negociação com a categoria. 

Reunião Com Prefeito 21 02 19 3O Presidente do SINESP, em conjunto com os demais sindicatos componentes do Fórum das Entidades, esteve presente na reunião na manhã do dia 21 de fevereiro de 2019 com o Prefeito Bruno Covas e seu Secretariado para apresentar as reivindicações do movimento de Greve que entra em seu 17º dia. 

Luiz Carlos Ghilardi enfatizou a pauta de reivindicações:

• Revogação da Lei 17.020/18 – A re(de)forma da Previdência de Bruno Covas e seus apoiadores na Câmara Municipal!

• Não ao arrocho e ao confisco salariais!

• Em defesa dos direitos dos trabalhadores!

• Valorização dos Gestores Educacionais, dos Servidores e do Serviço Público!

• Aumento geral de 10% para o funcionalismo!


A Administração Municipal atendeu o SINESP, e as demais representações, e marcou nova reunião para ser realizada amanhã, sexta -feira dia 22 de fevereiro de 2019, às 8 horas, para apresentação da resposta do governo às reivindicações dos servidores.

Em seguida as entidades sindicais se reuniram e formalizaram nota conjunta a ser repassada aos Servidores Públicos Municipais (veja abaixo).

A mobilização precisa continuar e é fundamental o envolvimento de todos. Nesta quinta feira atos e ações regionalizadas estão sendo realizadas com a participação da Diretoria, CREP e RELT do Sindicato.

O SINESP enfatiza e chama todos seus filiados para o ato desta sexta – feira às 15 horas diante do Gabinete do Prefeito, no Viaduto do Chá, 15 e em nossa Assembleia às 19h00 no CFCL – SINESP.

CARTA-FORUM-COVNERSAPREFEITO.jpg

Comentários   

#2 Rosa Olivia Rios Her 21-02-2019 16:19
Por favor, orientem os diretores para não colocarem faltas injustificas para os profissionais da escola (como é o caso da minha), isto desmobiliza o movimento, alguns dizem que estão seguindo ordens, não entendem que a lei de greve é maior. Obrigada por nós apoiar, orientar e estarem conosco até o fim.
Citar
#1 Helena Camasmie 21-02-2019 15:21
Vcs são ótimos eu tenho certeza que vamos conseguir o funcionário público federal conseguiu muitto e, nos especialistas trabalhamos muito.Eu não fui e não vou porquê não posso andar depois de 3 operações na coluna mas torço evrexo pela causa. Obrigada colegas por tudo que fizeram
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar