SINESP vai a UEs e DREs informar e mobilizar para a Greve - Todos na manifestação a partir das 14h00, em frente à prefeitura!

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

RevogaJaA Diretoria do SINESP está em movimentação para a construção da Greve dos Servidores Públicos Municipais de São Paulo.

SINESP junto da categoria e na mídia

Nos dias 29 e 30 de janeiro toda a Diretoria do SINESP esteve em ações simultâneas de mobilização da categoria durante as Reuniões de Organização nas 13 Diretorias Regionais de Educação. A ação foi divulgada no site do SINESP (veja aqui) e também pela Agência Sindical,que entrevistou o Presidente do SINESP, Luiz Carlos Ghilardi (clique e veja a matéria).

ROSANA CEIFRANCISCOMARCONDES SiteA Dirigente Sindical Rosana Capputi no CEI Vereador Francisco Marcondes de OliveiraAção nas UES

Na sexta feira, 1 de fevereiro de 2019, a Vice Presidente do SINESP Maria Benedita de Castro de Andrade, a Benê, esteve no CEU CEI JAÇANÃ na DRE Jaçanã/Tremembé em ação com a equipe gestora e demais Profissionais de Educação, além da comunidade escolar.

A Dirigente Sindical Rosana Capputi esteve no mesmo dia no CEI Vereador Francisco Marcondes de Oliveira, e na manhã do dia 4 de fevereiro de 2019 na EMEI Professora Laura Funfas Le Sueur.

Em todas as Unidades Educacionais foi abordada a luta para a Revogação da Re(des)forma da Previdência Municipal implementada pelo Governo Bruno Covas, a necessidade de lutarmos para uma valorização do funcionalismo Municipal.

rosanaEMEILAURAFUNFAS SiteE na EMEI Professora Laura Funfas Le SueurRevogação da Re(de)forma da Previdência Municipal já!

 A reforma institui um regime de previdência complementar aos novos servidores (SAMPAPREV), que contribuirão com um fundo a ser gerido por uma nova empresa a ser criada ou repassado a outro administrador.

A ação do Prefeito Bruno Covas abre caminho para a privatização do sistema de aposentadoria, favorecendo o sistema financeiro, que fará a administração desses fundos.

Já para novos e atuais servidores ativos e aposentados, além dos pensionistas, o aumento da alíquota será de 11% para 14% do salário que irá vigorar a partir de março de 2019.

A luta é para revogar a Lei 17.020/18 já.

Mobilização e ação em frente a Prefeitura.

Às 14h00 começa o ato contra a Re(de)forma da Previdência diante do Gabinete do Prefeito Bruno Covas, no Viaduto do Chá.

O SINESP juntamente com os demais membros do Fórum das Entidades estarão mobilizados e chamando a categoria para o ato

Assembleia

Às 18 horas, após a movimentação diante da Prefeitura, será realizada Assembleia do SINESP na Praça Dom José Gaspar, 30 – 3º andar. Todos lá!

O SINESP levará materiais à manifestação e se concentrará num local específico. Procure-nos. Vamos ficar todos juntos e mostrar a união e a força dos Gestores, além de evitar qualquer tipo de conflito desnecessário!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar