SINESP exige da SME e Gestão medidas urgentes de segurança para escolas da DRE Capela do Socorro

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

VIOLENCIA 2Com base nos dados sobre a violência crescente enfrentada pelos Gestores e demais educadores nas Unidades Escolares, revelados pela pesquisa para o RETRATO DA REDE (veja aqui o Retrato da Rede 2018), o SINESP passou a visitar UEs para conferir a situação e apoiar a categoria.

Numa dessas visitas, na DRE Capela do Socorro, os dirigentes do Sindicato encontraram uma situação desesperadora. O pânico tomou conta dos servidores devido à alta incidência de roubos e casos de violência no entorno das escolas.

Diante da urgência, o SINESP encaminhou oficio aos Secretários Municipais de Educação e Gestão com pedido de providências urgentes para garantir a segurança dos trabalhadores das escolas.

A Diretoria do Sindicato está certa de que a situação se repete em todas as regiões da cidade, como mostra o Retrato da Rede. Nesse sentido, solicita aos Gestores Educacionais que entrem em contato com o Sindicato para relatar e denunciar situação desse tipo, para visita e encaminhamento de medidas.

Veja abaixo o ofício encaminhado a SME e Gestão:

Oficio n.119 18 l

Oficio n.120 18 l

Comentários   

#1 EDNA FONSECA DOS SAN 12-09-2018 19:25
Nossa Unidade Escolar fica na zona leste de São Paulo, EMEF BRASÍLIO MACHADO NETO e tem sofrido com o mesmo problema. Há cerca de 10 dias nossa assistente de direção foi assaltada ao sair da escola às 20h30 por quatro rapazes a mão armada. Como isso já havia acontecido a menos de 1 ano, essa servidora que já vai completar 30 anos no serviço público nessa prefeitura, ficou com síndrome de pânico e foi obrigada a tirar licença saúde. Uma servidora que durante esses 30 anos não tem histórico de licenças médicas! E infelizmente essa tem sido a realidade do nosso entorno. Temos que ligar diariamente para GCM também devido às agressões ao prédio e muitas vezes nem somos atendidos! Muito triste!
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar