SINESP atua no combate à intolerância

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

Vídeo que circula nas redes sociais evidencia a necessidade do diálogo na sociedade ao expor criança e criticar a educação inclusiva e rica em diversidade.

respeito contra intoleranciaOs Gestores Educacionais filiados ao SINESP construíram uma carta de princípios ao longo de vinte e um Congressos da categoria. Nessa carta, um tema amplamente representativo chama-se “Riqueza da Diversidade”. Para os Gestores Educacionais da RME de São Paulo, convívio, acolhimento e respeito a todas as formas de diversidade são vistos como um bem precioso a ser preservado. Um dos princípios que expressa esse conceito diz textualmente que os educadores devem empreender uma “busca incessante de meios para combater o preconceito, a discriminação, o racismo, a xenofobia, a homofobia, a misoginia e a intolerância correlata, visando a valorização e o respeito à diversidade”.  

Questões sensíveis como essa, que se configuram como defesa do ser humano em sua plenitude, estão presentes no marco histórico Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU, na Constituição Federal de 1988, nos Planos Nacional e Municipal de Educação.

Atento a tudo isso, o SINESP vem promovendo a formação política e profissional aos seus filiados, de forma a capacitá-los no sentido de acolher a diversidade e promover o direito à educação a todos. O mais recente curso “ Discussões sobre gênero, diversidade sexual e promoção de equidade na Educação Básica” mostra a importância dessa atuação, frente ao momento tortuoso de intolerância que enfrenta a RME, em que um vídeo postado numa rede social vem causando sofrimento e apreensão aos envolvidos. O palestrante Luiz Ramires, Mestre e Doutorando em Educação pela USP, disse com propriedade no mais recente encontro desse curso “para enfrentar a intolerância é preciso construir o respeito mútuo”.  O SINESP está fazendo a sua parte, promovendo uma profunda reflexão sobre o ocorrido, orientando e prestando aos filiados envolvidos todo o apoio jurídico e profissional.   

Por entender oportuno, o SINESP também acata e publiciza o Parecer em Nota divulgado pela Comissão Executiva do CRECE – DRE Ipiranga “Pelo direito a compreender o mundo”, datado do dia três de setembro de dois mil e dezoito. Veja aqui a nota na íntegra.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar