Curso “Discussões sobre Gênero, diversidade sexual e promoção de equidade na Educação Básica” começou dia 04/08 com muito interesse dos participantes

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

O curso presencial oferecido pelo SINESP aos filiados terá 20 horas de duração, com aulas também nos dias 18/08, 01 e 15/09, das 09h00 às 13h30.

diversidade0equidadde generoNesse primeiro encontro, o interesse dos participantes na formação e nos debates chamou a atenção dos dirigentes do SINESP. As expectativas expressas são variadas e podem ser apreendidas a partir das frases abaixo, que são recortes das intervenções de alguns dos cursistas:

“...fortalecer o aprendizado sobre o tema e levar a discussão para a escola...”;

“...ampliar o olhar para enxergar o que está posto no dia a dia...”;

“...discutir o tema na perspectiva da garantia do direito e não só religiosa, moral, etc...”;

“...já nos apropriamos da fala, mas na pratica precisamos desconstruir concepções tradicionais...”;

“...ampliar o repertório, para responder aos pais de forma mais simples auxiliando-os em suas preocupações...”;

“...aprender mais sobre o tema e multiplicar a temática no meu território...”;

“...atendemos comunidades complexas, temos bastante crianças e jovens com crise de identidade, chegando inclusive ao suicídio. O tema é pertinente para nos auxiliares no cotidiano da escola...”;

“...minha questão é com redação à sexualidade, que ainda é um tabu...”;

“...A maior dificuldade é com os profissionais, tive um problema no CEI e me pareceu que as crianças trataram o assunto com mais tranquilidade que os adultos...”;

“...O tema é bem atual, vivemos um momento político muito complexo, precisamos estar preparados, estudar muito, sair do senso comum e pensar em Direitos Humanos.”

O SINESP corrobora todas essas afirmações dos filiados. Acredita que o currículo das unidades educacionais precisa dialogar com temas polêmicos da sociedade atual e, ao mesmo tempo, presente no cotidiano das crianças e adolescentes.

Assuntos prementes como questões de gênero e diversidade sexual precisam ser refletidos e debatidos, pois muitas histórias de violência, sofrimento, isolamento, constrangimento, discriminação e preconceito ainda se fazem presentes em diferentes espaços e é urgente contribuirmos para reverter esse cenário.

A formação no dia 04 de agosto ficou sob responsabilidade de Vanessa Pipinis, e as próximas estarão a cargo de Luiz Ramires e Luis Saraiva, sempre acompanhados do olhar atento e do apoio da Diretoria do SINESP. O curso foi homologado pela SME através do Despacho de Homologação Nº 18224, DOC de 28/06/2018 – p. 34.

curso de genero 2

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar