SINESP entrega reivindicações da categoria ao Secretário de Educação

Aconteceu no SINESP
TIPOGRAFIA

O SINESP manteve e reforçou sua luta histórica junto com a categoria em 2017 e conseguiu avanços importantes, mesmo num ano em que os ataques aos diretos dos trabalhadores, à educação, aos serviços e aos servidores públicos foi a tônica das ações dos governos!

O apagar das luzes do ano não apaga o olhar atento e combativo desse Sindicato, que nesse sentido se reuniu com o Secretário de Educação no dia 19/12 e apresentou novas e contínuas reivindicações dos Gestores Educacionais!

Com sua intensa luta em defesa da categoria, em 2017 o SINESP esteve em todos os espaços de luta e debate, do Legislativo e do Executivo da Cidade de SP e em outros fóruns e locais do Brasil.

1Alguns frutos já foram sentidos sentidos:

• Chamadas do Concurso de Acesso de Diretor de Escola e Supervisor Escolar em agosto e agora com nova autorização Escolha em janeiro/18,

• Ampliação em 96 novos cargos da Supervisão Escolar com ações na Câmara e no Executivo,

• Retomada do 3º repasse do PTRF para 2018 e fim dos descontos, após ação impetrada pelo SINESP no Ministério Público.

• Autorização de Concurso para a Coordenação Pedagógica em 2018. 

O SINESP reitera seu compromisso com a categoria neste final de ano, intensificando a luta a cada nova ação de retirada de Direitos por parte dos Governos Municipal e Federal. 

Reunião com SME tem entrega de reivindicações e manifestações

Em ação sindical, a Diretoria do SINESP, representada por seu Presidente Luiz Carlos Ghilardi, a Vice-presidente Maria Benedita de Castro de Andrade, Benê, o Secretário Geral João Alberto Rodrigues de Souza  e o Dirigente Sindical Christian de Mello Sznick, se reuniu com o Secretário Municipal de Educação Alexandre Alves Schneider e a Chefe de Gabinete Fátima Elisabete Pereira Thimoteo, no final da tarde do dia 19 de dezembro de 2017.

O Presidente do SINESP explanou sobre as lutas de 2017 e apresentou um conjunto de reivindicações e manifestações ao Secretário Schneider:  

• Portaria de Pólo dos CEI nas férias e recesso: O SINESP manifestou-se contrário a manutenção dos Pólos, retomando inclusive posição de Congresso Sindical e ao atendimento dos bebês e crianças da rede parceira (conveniada) pelos Centros de Educação Infantil diretos nas férias de janeiro e recesso de julho, 

• Férias negadas para servidores em licença: Secretaria Municipal de Gestão contrariou Legislação e posicionamento da Procuradoria Geral do Município ao editar comunicado interno impedido usufruto de férias dos servidores em licença há mais de um ano. O Presidente do SINESP entregou ofício pedindo parecer sobre esta medida sem amparo legal e arbitrária.  

• Portaria de Acomodação dos Supervisores Escolares:  Anualmente o SINESP reivindica portaria que visa a acomodação dos Supervisores Escolares em Diretorias Regionais de Educação. Visa garantir melhores condições de acessibilidade para a atuação supervisora. 

• Prorrogação do Concurso de Acesso:  O SINESP reivindica a prorrogação do Concurso de Acesso de Diretor de Escola e Supervisor Escolar. A luta permanente em defesa do Concurso Público faz parte do nascimento do SINESP há 25 anos. A prorrogação é fundamental para a manutenção da carreira sobretudo garantindo que a gestão democrática seja de fato exercida sem clientelismos. A luta pela manutenção do Concurso como forma de acesso está na raiz de fundação do SINESP e continua como luta permanente. 

• Portaria de Dispensa de Atividades Sindicais:  Anualmente SME publica portaria que garante as atividades de reuniões, fórum e Congresso Sindical. O SINESP manifestou-se sobre a participação legítima dos filiados nos eventos sindicais. O SINESP é detentor de Carta Sindical emitida pelo Ministério do Trabalho e representante dos Gestores Educacionais da Rede Municipal de São Paulo. 

O Secretário Schneider apresentou um breve panorama da SME em 2017 e acolheu as manifestações e reivindicações apresentadas pela Diretoria do SINESP.

Foi compromissado para até a segunda quinzena de janeiro de 2018 a devolutiva do conjunto de reivindicações.

O SINESP, combativo e em defesa de sua categoria e da Educação Pública, manterá sua atuação respaldada pela legalidade e ação sindical de 25 anos de história e com olhar no presente e futuro da Rede Municipal. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar