21º Congresso do SINESP

Destaque
TIPOGRAFIA

VEJA ABAIXO OS DETALHES PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS PEDAGÓGICOS NO 21º CONGRESSO DO SINESP E A PROGRAMAÇÃO. 

 

Clique AQUI para ver as lutas e princípios que serão debatidos no 21º Congresso. 

 

Cartaz 21Congresso SINESP Site 1 

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS PEDAGÓGICOS DAS UES NO 21º CONGRESSO DO SINESP:

Os filiados inscritos no 21º Congresso poderão divulgar os trabalhos desenvolvidos em suas Unidades Educacionais sobre o tema “Conviver: é uma arte ou um aprendizado?”, ou seja, todas as atividades pedagógicas voltadas para a Ética, mediação de conflitos, respeito, regras de convivência, etc.

As inscrições de trabalhos deverão ser feitas entre 01 e 20/09, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., especificando como assunto “pôster/congresso”.

Será aceito um pôster por Unidade Educacional e serão entregues certificados aos expositores dos trabalhos.

No pôster deverá constar:

a) título do trabalho;

b) nome dos autores;

c) identificação da Unidade Educacional;

d) e-mail para contato.

Os pôsteres terão no máximo 0,90m de largura por 1,20m de altura e um cordão na parte superior para fixação no painel de exposição.

Os inscritos receberão mensagens eletrônicas com os detalhes da exposição.

 

Programação do 21º Congresso SINESP

26 a 29 de setembro de 2017

«A educação na pós-modernidade»

A compreensão dos processos educacionais, seja em sistemas seja nas escolas ou nas salas de aula, representa um desafio e isso tem demandado que se saia das dispersas e padronizadas representações cotidianas sobre esses processos e se adentre em um movimento investigativo questionador desse objeto em seu contexto. Para essa compreensão, não há como se furtar ao confronto com as críticas emanadas do movimento histórico-cultural que se interroga sobre a modernidade e sua possível superação: a constituição do espaço que viria a ser o da pós-modernidade. Este termo tem-se mostrado polissêmico, sendo utilizado no mais das vezes de modo genérico. De qualquer forma denota o que vem depois da modernidade, sendo problemático seu sentido, justamente por tentar traduzir um movimento da cultura em sociedades em rápida mutação, movimento que se ainda está produzindo, sem que se distingam consolidações que ajudem a qualificá-lo melhor. Pós-moderno designaria uma ruptura com as características do período moderno, o que, para muitos analistas, ainda não aconteceu de modo claro. Pode-se adotar a posição de que estamos vivendo a transição para a pós-modernidade e que os sinais, as tendências verificáveis traduzem caminhos mais do que posições consolidadas.

Bernadete Gatti

 

Dia 26 de setembro - 3ª feira

Manhã – Teatro Gazeta

·8h30 - Abertura do Credenciamento

·8h30 às 9h30 - Café de boas vindas

·9h45   Abertura solene

·11h00 às 11h30 – Apresentação do Grupo de Câmara do Instituto Bacarelli

·11h30 às 12h00 - Vídeo de resgate do percurso do SINESP

·12h00 Exposição de pôsteres: “Conviver: é uma arte ou um aprendizado?” à Ética, conflitos, respeito, regras...

·12h30 – Almoço

 

Tarde – Teatro Gazeta

·13h30 – Sorteio

·14h00 – Plenária de Abertura à Aprovação do Regimento do Congresso

Composição:

Presidente: Ana Dünkel

Vice-presidente: Luiz Carlos

Vice-presidente: Christian

Secretário: Benê

Relatora: Marilza

· Jorge Forbes Site14h30 - Conferência de abertura: “O mundo pós-moderno e a Educação” com Dr. Jorge Forbes

Vivemos atualmente profundas transformações sociais, políticas e econômicas. Tais transformações têm alterado o panorama mundial e têm se dado de forma muito rápida, colocando em xeque os paradigmas estabelecidos que, até então, eram considerados eficazes no sentido de diagnosticar e resolver questões postas pela prática social. Por isso, refletir sobre os desafios postos à educação é uma tarefa tão difícil quanto necessária. O quadro se acentua quando associamos à esta discussão o tema da pós-modernidade.

 

Psicanalista e Médico Psiquiatra; Doutor em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo - USP - Faculdade de Medicina (Neurologia); Mestre em Psicanálise pela Universidade Paris VIII. A.M.E; Analista Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Escola Europeia de Psicanálise; Membro da Associação Mundial de Psicanálise – AMP; Presidente do Instituto da Psicanálise Lacaniana – IPLA. Diretor da Clínica de Psicanálise do Centro do Genoma Humano – USP. Criador do ProgramaTerradois para a TV Cultura. Autor de vários artigos e livros. Prêmio Jabuti.

 

JoseVicente Site27 de setembro – 4ª feira

Manhã – Teatro Gazeta

·8h00 às 09h00 – Café

·09h00 – Palestras por eixos temáticos:

v    Riqueza da diversidade à Palestra "Riqueza da diversidade e o respeito aos Direitos Humanos" com Prof. Dr. José Vicente

Advogado, Mestre em Administração, Doutor em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba. Fundador e presidente do Instituto Afrobrasileiro de Ensino Superior. Fundador presidente da Afrobras - Sociedade Afrobrasileira de Desenvolvimento Sócio Cultural. Membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República – CDES; do Conselho da Cidade da Prefeitura de São Paulo; do Conselho de Auto-regulação Bancária – Federação Brasileira de Bancos –Febraban; do Conselho Superior de Responsabilidade Social da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP; do Conselho Consultivo do Centro de Integração Empresa Escola – CIEE; do Movimento Nossa São Paulo; do Movimento Todos Pela Educação e do Conselho do Memorial da América Latina. Conselheiro diretor da Fundação Care/SP.

 

v    PedroGanzeli Gestão educacionalà Palestra "Gestão Educacional e os desafios cotidianos" com Prof. Dr. Pedro Ganzeli

Professor Livre Docente da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Departamento de Política, Administração e Sistemas Educacionais (DEPASE), coordenador do Laboratório de Gestão Educacional (LAGE). Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas (1986), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Diretor da Associação Nacional de Política e Administração da Educação - Seção São Paulo (ANPAE/SP) gestão 2011/2015 e membro da diretoria nacional 2016/2017.

 

 EmiliaCiprianov Valorização do trabalhador à Palestra "Valorização do trabalhador e as condições de trabalho dos

educadores da Rede Municipal de São Paulo" com Profª. Drª. Emilia Cipriano

Graduada em Serviço Social e Pedagogia; mestrado em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Pesquisadora do IEE - Instituto de Estudos Especiais da PUC São Paulo; Pesquisadora da Infância da Rede de Contextos Integrados USP/SP; Especialista em Desenho e Gerência de Políticas Públicas e Programas Sociais. Atualmente é professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, pedagoga efetiva da Secretaria da Assistência Social da Prefeitura Municipal de São Paulo; fundadora do Fórum Paulista de Educação Infantil, fundadora do Fórum da Pedagogia Freinet, coordenadora do Instituto Aprender a Ser Pesquisa e Formação na Área Educacional e ex-Secretária Adjunta da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil, infância, letramento e alfabetização, formação de professores e gestão educacional. Professora titular do Conselho Municipal de Educação.    

 

v katia smole newRepensando o currículo  à  Palestra "Repensando o currículo: a Base Nacional Comum Curricular" com Profª Drª. Katia Smole.

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo, na área de ensino de Ciências e Matemática, possui mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo na área de didática, especialização e aperfeiçoamento em Matemática pelo Instituto de Matemática e Estatística da USP, graduação em bacharelado e licenciatura plena pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Moema. Atualmente é coordenadora do grupo Mathema de formação e pesquisa, membro do conselho consultivo das revistas Pátio, Pátio Educação Infantil e membro do conselho editorial da revista Pátio Ensino Médio.  

·12h30 – Almoço

 

Tarde – Teatro Gazeta

·13h30 – Sorteio 

·14h00 –Diálogo: “Perfil do aluno contemporâneo e os desafios da convivênciacom Profª. Drª. Marta Relvas e Prof. Dr. Joe Garcia

O mundo contemporâneo atravessa enormes modificações econômicas, sociais, políticas e culturais. Vivemos um momento marcado pela internacionalização da tecnologia. Ocorre um processo de universalização da cultura, dos produtos, das trocas, dos custos e do capital. A educação não está imune a este processo. Hoje, exige-se do novo aluno certo desenvolvimento de capacidades intelectuais, de abstração, de rapidez de raciocínio e de visão crítica mais ampla que valorize mais do que a racionalidade baseada apenas na informação. Sendo assim, a Neurociência quando dialoga com a Educação promove caminhos para o professor tornar-se um mediador do como ensinar com qualidade através de recursos pedagógicos que estimulem o aluno a pensar sobre o pensar. Nesse processo de interação do aluno com o conhecimento, o docente deve tornar  sua aula mais agradável , motivadora e prazerosa. É necessário estimular a convivência e solidariedade mediante os valores democráticos e éticos. Isso significa ouvir o outro, respeitar as diferenças, aperfeiçoar as técnicas de comunicação, indicar formas mais competentes do conhecimento expressivo.

MartaRelvas Alta

 

Marta Relvas possui graduação em Ciências Biológicas pelo Instituto de Ciências e Tecnologia Maria Thereza. Bióloga. Certificada por Reggio Emilia Study Abroad Program - Italy, em Abordagens Pedagógicas da Educação de Reggio Emília (2017). Membro da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento, Membro da Associação Brasileira de Psicopedagogia. Mestrado em Psicanálise pela Faculdade de Educação Teológica de São Paulo (2007). Pós graduada em Psicopedagogia Institucional e Anatomia Humana. Especialista em Fisiologia Humana, Bioética e Didática do Ensino Superior. Autora de livros na área de Neurociência e Aprendizagem, editora WAK, Rio de Janeiro.

 

 

 

JoeGarcia 2 SiteJoe Garcia é licenciado em Ciências pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1983), e Bacharel em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1983). Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (1995), e Doutor em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Tuiuti do Paraná, onde atua no Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação. Tem atuado no campo educacional há trinta anos, lecionando na Educação Básica e na Educação Superior, e na última década tem investigado práticas pedagógicas inovadoras, com foco em interdisciplinaridade, teorias de currículo e indisciplina escolar. 

Às 16h30 lançamento dos livros abaixo, com presença dos autores:
JoeGarcia Livro Site    LivroMartaRelvas

 

28 de setembro – 5ª feira

Manhã – Cine Reserva Cultural

·8h00 às 09h00 - Café

·9h00 – Discussão por eixos temáticos:

v    Riqueza da diversidade e Gestão Educacional              

v    Gestão educacional e Repensando o Currículo              

v    Valorização do trabalhador e Riqueza da diversidade     

v    Repensando o currículo e Valorização do Trabalhador    

·12h30 – Almoço

 

Cortela SiteTarde – Teatro Gazeta

·14h00 – Lançamento pelos Correios do selo comemorativo dos 25 anos do SINESP

·15h00 - Conferência: “A Educação e a emergência de múltiplos paradigmas: novos tempos, novas atitudes” com Prof. Dr. Mario Sérgio Cortella.

Com este tema, Cortella ressalta características desejáveis no educador: coragem, humildade e paciência. Segundo ele, ferramentas necessárias para lidar com um novo tempo na escola, que recebe pessoas com deficiência, jovens inseridos em novas configurações de família e de pais com dificuldade em estabelecer regras e disciplina em casa. Segundo o filósofo, o uso das tecnologias é bem-vindo quando houver intenção pedagógica. Independente da forma, ele defende que o papel do educador é mediar o conhecimento dentro da realidade experimentada pelo aluno. No entanto, ele argumenta que nada disso é possível sem um bom planejamento e sem a busca constante dos professores por renovação.

  

Mario Sergio Cortella é filósofo, escritor e professor paranaense. Graduado em Filosofia pela Faculdade Nossa Senhora de Medianeira, mestre e doutor em Educação pela PUC-SP. Foi professor titular do Departamento de Teologia e Ciências da Religião e de pós-graduação em Educação da PUC-São Paulo, onde trabalhou de 1977 a 2012. Foi Secretário Municipal de Educação de São Paulo, entre 1991 e 1992. Desde 1997 é professor convidado da Fundação Dom Cabral. Autor de diversas obras no campo da Filosofia e da Educação. Entre elas, A Escola e o Conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos, Não Nascemos Prontos!, Vida e Carreira: um equilíbrio possível? Liderança e Ética, Liderança em Foco, Vivemos Mais! Vivemos Bem? Por Uma Vida Plena e Pensar Bem nos Faz Bem!

 

LucianaMelo Site29 de setembro – 6ª feira

Manhã –Teatro Gazeta

·8h00 às 09h00 - Café

·9h00 - Plenária de votação

·12h00 – Plenária de encerramento

·12h30 – Almoço

 

Tarde – Teatro Gazeta

·14h15– Atividade Cultural: Show de Luciana Mello & Banda

  

Luciana Mello veio dos palcos. Dos palcos de dança, dos palcos de musicais, dos palcos de espetáculos infantis, dos palcos da televisão e dos palcos de shows. Se apresentou algumas vezes sozinha, outras tantas com outros artistas. Por quase dois anos fez parte do Projeto Artistas Reunidos com Jair de Oliveira, Wilson Simoninha, Max de Castro, Daniel Carlomagno e Pedro Mariano, convidando ao palco sempre outros amigos/ músicos conceituados como o pai Jair Rodrigues,Djavan, Ed Motta, Claudio Zoli, Sandra de Sá, Vicente Barreto entre vários outros. Aos 5 anos de idade já se apresentava com o pai em programas de TV. Participou de vários discos - e shows - infantis, inclusive ao lado do irmão Jairzinho. Fez 4 anos de teatro, já são 20 anos de dança e estuda música com especialização em canto até hoje. Participou dos musicais "Pocket Broadway", "Blood Wedding" e "O Rei e Eu". O conceito, a qualidade musical, a música, e a beleza de Luciana Mello estão dominando cada vez mais a MPB e conquistando cada vez mais pessoas!

Comentários   

#1 MARCIA FONSECA SIMOE 08-09-2017 05:03
Amei programação e formato!!!
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar